Home Destaques Trump diz que só vai declarar vitória ‘quando houver vitória’

Trump diz que só vai declarar vitória ‘quando houver vitória’

565
0

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, afirmou que só vai declarar vitória “quando houver vitória”. “Não há razão para jogar”, afirmou o republicano.

A declaração foi feita por telefone ao programa “Fox & Friends” no dia da eleição presidencial em que Trump tenta se reeleger.

O presidente americano disse ver “uma chance muito muito sólida de vencer”, apesar de estar atrás do democrata Joe Biden nas pesquisas. “Não sei como eles avaliam as chances”.

A declaração ocorre após o site Axios publicar no domingo (1º) que Trump disse a pessoas próximas que poderia se declarar vencedor caso os números iniciais apontassem uma grande vantagem republicana no início da apuração.

Ontem, Biden afirmou que “o presidente não irá roubar esta eleição”. O gerente da campanha do democrata, Jen O’Malley Dillon, disse que “em nenhum cenário Donald Trump será declarado vencedor na noite da eleição”.

Demora no resultado
Apesar da estratégia, dificilmente o resultado da eleição será conhecido ainda na madrugada de quarta-feira (4). O principal motivo é a enorme quantidade de votos antecipados e feitos pelo correio neste ano.

Quase 100 milhões de eleitores já votaram antes do dia da eleição, o equivalente a 72% de todos os votos da disputa de 2016. Desses, 35,7 milhões votaram presencialmente e 63,9 milhões enviaram o voto pelo correio.

Em quatro estados a votação antecipada superou toda a última eleição: Havaí, Texas, Washington e Montana. Vários outros estados também tiveram votações expressivas, incluindo “campos de batalha” decisivos como Flórida e Carolina do Norte.
Dia dos candidatos
O republicano participou da entrevista por telefone com 45 minutos de atraso e estava com a voz rouca, segundo a CNN.

Trump disse que planeja fazer mais telefonemas para pessoas “muito leais” e visitar a sede da sua campanha hoje.

O comitê nacional do Partido Republicano fica em Arlington, na Virgínia, cidade é dividida da capital americana, Washington D.C., por um rio.

Já Biden começou o dia com uma ida à igreja em Wilmington, cidade onde mora no estado do Delaware.
Mais tarde, o democrata vai visitar sua cidade natal, Scranton, que fica em um dos estados mais importantes para o resultado da eleição: a Pensilvânia.

Biden também tem planos de visitar a Filadélfia e, depois, voltar para Wilmington.

Ambos os candidatos já votaram antecipadamente: Trump na Flórida, e Biden, em Delaware.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here