Home Esportes Três fins de semana seguidos de GP “não podem virar padrão na...

Três fins de semana seguidos de GP “não podem virar padrão na F1”

703
0

Quando em 2018 a Fórmula 1 teve em três fins de semana consecutivos os GPs da França, Áustria e Inglaterra, a chiadeira entre as equipes foi grande. Mas, na época, não se imaginava que as jornadas triplas seriam repetidas três vezes na temporada 2020, devido à pandemia de coronavírus. Depois das sequências de GPs da Áustria/Estíria/Hungria, a F1 vai iniciar no próximo fim de semana a série Inglaterra/F1 70/Espanha e ainda tem marcada a jornada Bélgica/Itália/Toscana. da McLaren, Andreas Seidl alertou: isso não pode virar rotina.
Vamos agora para a jornada tripla com essas duas corridas no Reino Unido, o que, obviamente, para as equipes britânicas, não é tão ruim quanto para outras equipes. Pelo menos, temos a possibilidade de chegar à pista o mais tarde possível com apenas uma curta viagem e com um intervalo entre essas duas corridas de Silverstone. No momento, acho que no cronograma há outra jornada tripla mais tarde, o que acho difícil. Dadas as circunstâncias especiais em que estamos neste ano, é algo que temos de passar neste ano. Mas, ao mesmo tempo, esse não pode ser o novo padrão daqui para frente – disse Seidl ao site “Autosport”.
eidl comentou ainda que, mais do que o trabalho em si nos fins de semana de grandes prêmios, o grande drama nessa sequência de nove etapas em 11 fins de semana, é a distância dos familiares:

  • Não acho que o maior desafio seja realmente o trabalho que temos que fazer na pista. É um trabalho difícil, mas acho que o maior problema é ficar longe das famílias e das crianças e assim por diante, para cada membro da equipe. Passando por esta primeira tripla jornada após este longo intervalo que tivemos, acho que também não é o maior desafio ainda. Precisamos estar cientes de que quanto mais tempo passarmos agora na temporada, especialmente as triplas que virão mais tarde, isso será um grande desafio para a equipe.

Por fim, o dirigente alemão disse que a McLaren está à disposição para apoiar seus funcionários numa temporada atípica e desafiadora – a expectativa da Fórmula 1 é ter entre 15 e 18 corridas até dezembro.

  • O que fazemos do lado da equipe é tentar tornar a viagem, a acomodação e tudo o que podemos oferecer à equipe aqui na pista e nos hotéis as mais confortáveis possíveis. Ao mesmo tempo, todos na equipe entendem que esta é uma temporada especial, em circunstâncias especiais após a infecção pelo vírus.Todos nós entendemos também que é absolutamente necessário para a existência das equipes que faça essas corridas neste ano. Eu simplesmente espero que, com tudo o que fazemos em conjunto com a equipe, consigamos superar isso de maneira sustentável –

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here