Home Destaques Saiba como se vestir e onde se proteger das temperaturas mais baixas

Saiba como se vestir e onde se proteger das temperaturas mais baixas

414
0

A serra catarinense começa a ficar cada vez mais movimentada com a chegada do frio. O município mais populoso da região, Lages atrai turistas durante a realização da Festa Nacional do Pinhão, reconhecida em todo o país por unir gastronomia típica e artistas nacionais, sem deixar de lado as tradições por meio da sapecada, junto com músicas nativistas locais. O pinhão é o astro da festa, mas o frio também impulsiona toda uma cadeia turística de toda a serra nos próximos meses – e ele veio para ficar.

Segundo Gilsânia Cruz, meteorologista da Epagri/Ciram, a perspectiva é de um mês de junho de temperaturas na média ou abaixo da média, com frequentes vindas de massas de ar frio ao estado.

— Nessa semana, teremos uma massa de chegando nesta terça, mas não é muito forte. Depois, teremos uma mais forte chegando no dia 10 ou 11, no fim da semana agora. Ela vai ter influência significativa nas temperaturas no próximo final de semana, contribuindo para formação de geada. Ainda, até o dia 22, há mais uma massa para chegar – alerta a meteorologista.

Cruz afirma que Santa Catarina terá duas ou três ondas de frio intenso durante o inverno deste ano, que inicia em 21 de junho.

  • Para a neve ocorrer, é preciso ter o frio e nas camadas superiores e também precisa ter umidade. Na próxima massa de ar frio, neste final de semana, não há esse indicativo. Mas como há temperaturas negativas, há condições para formação de geada – pondera.

Por isso, quem for aproveitar para passear em Lages ou na serra como um todo durante este inverno deve estar muito bem protegido e com hospedagem confirmada. Assim, o visitante evita problemas – como ir ao local com frio intenso e não achar um estabelecimento adequado para dormir.

Turismo rural

Município mais populoso da Serra Catarinense, Lages possui uma série de atrativos culturais e gastronômicos. Fundada em 1677 por bandeirantes e tropeiros, a cidade possui economia ligada à pecuária, abrigando também visitantes em hospedarias rurais tradicionais da região.

Os visitantes podem optar por cavalgadas e passeios em trilhas, com pesca em açudes. No entanto, em dias mais frios, alguns ambientes tornam o momento mais aconchegante – e quentinho – como visitar ou pernoitar em estabelecimentos tradicionais da região, como o Sesc Pousada Rural, Boqueirão Hotel Fazenda e o Hotel Fazenda Pedras Brancas.

Saboreie as delícias de Lages

Visitar a serra catarinense – incluindo Lages – é ter a certeza de que irá encontrar uma deliciosa culinária tradicional. Entre as opções com melhores avaliações, estão os restaurantes e bistrôs Santo Culinária Artesanal, com comida brasileira, grelhados entre outros; Muzzarella – Parrilla, Pasta & Pizza, com refeições brasileiras e italianas; Galpão Capão do Cipó Restaurante, que serve comida brasileira e petiscos; Galpão Gaúcho, pub e restaurante que serve churrasco aos domingos. Mesmo para os veganos, há opções em Lages. Entre os exemplos, está o Happy Lounge Bar, em um ambiente agradável e com música ao vivo.

Cultura, religião e arquitetura

Ao ar livre, também é possível conhecer o Memorial Nereu Ramos, em alusão ao político que chegou à Presidência da República; e o Monumento do Boi de Botas, uma homenagem aos participantes da luta dos farrapos. Alguns locais fechados são mais apropriados para um passeio no frio. Entre eles, está a Catedral Nossa Senhora dos Prazeres. A igreja, da época dos padres franciscanos, possui como diferencial os blocos de arenito. Além dela, a Igreja Santa Cruz é referência na região, abrigando uma cruz erguida por tropeiros.

Shows de música e teatro podem ser apreciados durante eventos no Teatro Marajoara e no Teatro de Bolso do Sesc-Lages – ambos com programação durante esta época do ano.

Roupas adequadas para um passeio no frio

Quem vai passear na serra precisa estar bem preparado para aproveitar o momento mesmo com os termômetros mais baixos. Por isso, atenção especial àqueles itens que esquentam e ainda trazem um toque mais sofisticado para a combinação. Nos pés, meias de lã e botas são itens indispensáveis.

Blusão de lã, sobretudo e poncho também são uma boa pedida, assim como os casacos teddy e puffer, que são fofinhos e também estilosos – os queridinhos das fashionistas e blogueiras durante essa temporada.

Luvas, cachecóis e gorros de lã podem completar o look. No caso de crianças ou pessoas mais friorentas, um protetor de orelha também deixa essa parte do corpo, que é mais sensível, bem protegida contra o vento e o frio.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here