Home Destaques Bolsonaro volta a falar em ‘histeria’

Bolsonaro volta a falar em ‘histeria’

996
0

O presidente Jair Bolsonaro voltou a afirmar, em entrevista para a rádio Tupi, que vê “histeria” em relação ao novo coronavírus e criticou medidas para evitar aglomerações adotadas por governadores para conter o avanço do vírus no país. Para Bolsonaro, as medidas “vão prejudicar muito a economia”.
Bolsonaro deu as declarações no dia em que fez o segundo teste para ver se foi infectado pelo coronavírus – o primeiro exame, segundo o presidente, teve resultado negativo.
O Brasil passou dos 300 casos de pessoas com Covid-19 (a doença causada pelo coronavírus) e o país registrou a primeira morte de pessoa infectada, conforme informou o governo de São Paulo.

Na entrevista, Bolsonaro foi questionado sobre a economia do país. Segundo ele, a economia “estava indo bem”, porém a pandemia do novo coronavírus provocou “uma certa histeria”.

“Olha, a economia estava indo bem, fizemos algumas reformas, os números bem demonstravam taxa de juros lá embaixo, o risco, a confiança no Brasil, a questão de risco Brasil também. Então, estava indo bem. Esse vírus trouxe uma certa histeria”, disse.

Sem citar nomes, Bolsonaro criticou medidas de restrição de circulação de pessoas, adotadas pelos estados. Governadores de diferentes estados suspenderam aulas, recomendaram cancelamento de atividades em cinemas e teatros. O Rio, por exemplo, determinou a redução de 50% da frota e ônibus, barcas, trens e metrô.
“Tem alguns governadores, no meu entender, eu posso até estar errado, mas estão tomando medidas que vão prejudicar em muito a nossa economia”, afirmou o presidente.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here